Home SALA DE IMPRENSA Arquivo Notícias Parcerias Expansão de transmissão de energia elétrica no Pará é tema de encontro na Fiepa

Expansão de transmissão de energia elétrica no Pará é tema de encontro na Fiepa

E-mail Imprimir
AddThis Social Bookmark Button

equatorial 505x180

O Fórum das Entidades Empresariais do Pará reuniu no dia 8 de junho, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Pará, em Belém, órgãos públicos municipais, estaduais, federações, associações e empresas privadas para identificar propostas que contribuirão com os rumos do desenvolvimento do Estado, a partir de obras de expansão da transmissão de energia elétrica.

Após nova abertura de licitação para a construção de novas linhas de transmissão na região metropolitana de Belém e no oeste paraense, o Grupo Equatorial Energia venceu o certame e agora dará andamento aos projetos. A assinatura será no mês de agosto, mas as diversas entidades representativas adiantaram o encontro para conhecer como será desenvolvido o trabalho e os benefícios que trará à população.

equatorial 350x250As novas linhas beneficiarão Santarém e demais municípios do oeste e outra obra será na região metropolitana de Belém, empreitadas consideradas desafiadoras pela Equatorial Energia. Com a nova linha de 500 KV Belém ganhará um sistema com mais confiabilidade, porque o atual é frágil em casos de acidentes ligados aos linhões. Já na região oeste, o sistema está esgotado e pelas estimativas da Celpa, no segundo semestre de 2018 esse circuito entraria em colapso sem uma nova expansão. O prazo para a conclusão é de cinco anos.


“Com essas novas frentes evitam-se riscos de corte descontrolado de carga por colapso de tensão no sistema do Tramo Oeste e dá mais segurança para Belém até Barcarena, em Vila do Conde, importante polo industrial”, detalhou Augusto Miranda, presidente da Equatorial.


Nonato Castro, presidente da Celpa, afirmou o compromisso da empresa com o Pará. “Temos o grande desafio de atender um estado que se desenvolve muito e por isso demanda muita energia. A Equatorial percebendo isso, notando as fragilidades que o estado tem no setor de transmissão, vai trabalhar para contribuir para mudar essa realidade desse estado que é muito rico”, falou.


equatorial2 350x250Adnan Demachki, secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, participou da reunião e garantiu apoio para dar celeridade aos projetos, reduzindo o prazo de licenças ambientes. “Trabalhamos em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e vamos acelerar os processos para dar início a essas obras tão importantes para o Pará. Vamos reduzir na metade o prazo dado pela ANEEL e agilizar para que esse benefício chegue para toda a população”, afirmou.


Para José Conrado Santos, presidente do Sistema FIEPA e do Fórum das Entidades Empresariais do Pará, a iniciativa de convidar a Celpa e a Equatorial para a reunião teve como propósito conhecer detalhes das obras e como a ampliação da transmissão poderá beneficiar o setor produtivo. "Esses projetos são muito importantes para o Estado e estão alinhados ao projeto do Governo, o Pará 2030, que prevê a ampliação do desenvolvimento econômico em todo o estado. Hoje a falta de energia em regiões que demandam essa infraestrutura ainda emperra o avanço da produção. Com esses novos investimentos e obras, vamos certamente avançar e crescer ainda mais", concluiu Conrado.

 
Follow us on Twitter

NewsLetter








Twitter

 

Acesso Rápido

Banner site 155x49px

 banner_site-redes

banner_apex_cin

 banner mercados estratégicos

  capa guiaindustrial

Meia página - 300x600px 


Ultimas Notícias

Mais Acessados