Notícias

Palestra sobre o Programa Especial de Regularização Tributária

E-mail Imprimir
AddThis Social Bookmark Button

 

ReceitaA Delegacia da Receita Federal do Brasil em Belém, com o apoio da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), realiza a Palestra de Divulgação do Programa Especial de Regularização Tributária, dia 22 de agosto, de 9 às 12 horas, no Auditório Albano Franco da FIEPA – Trav. Quintino Bocaiúva, 1588, Nazaré.
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail cerimonial@fiepa.br. Informações pelo telefone 4009-4816

Leia mais...
 

Burocracia tributária leva empresas a gastarem 1.572 horas de trabalho por ano

E-mail Imprimir
AddThis Social Bookmark Button

SimplificaçãoDados do Grupo de Estudos Tributários Aplicados (GETAP)¸ entidade sem fins lucrativos dedicada a ajudar no aperfeiçoamento da legislação tributária brasileira, mostram que é possível reduzir em até 77% o tempo usado pelas empresas para preenchimento das obrigações acessórias. Para se ter uma ideia, a entrega de informações, como “guia nacional de informação e apuração do ICMS substituição tributária" ou “sistema integrado sobre operações interestaduais com mercadorias e serviços”, consome em média 1.752 horas de trabalho administrativo, por ano, de cada empresa pesquisada.

De acordo com o Vice-Presidente do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), Nilson Azevedo, o grande problema são os custos associados ao recolhimento dos tributos, reconhecidos como uma das principais características negativas do sistema tributário por 32,2% das indústrias de todo o País que participaram do último estudo sobre qualidade do sistema tributário, feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Nilson esteve recentemente no I Fórum de Simplificação e Integração Tributária da Receita Federal, em parceria com a CNI, em Brasília, e lamenta a ausência da Secretaria de Fazenda do Pará no evento, onde a Receita assinou uma série de convênios com as secretarias estaduais de Fazenda para que os Estados usem o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). “Ao aderir ao SPED, o Estado elimina a duplicidade de informações exigidas nas obrigações acessórias estaduais, reduzindo para as empresas assim o tempo gasto com o preenchimento de informações e os custos que provêm dele. Seria muito importante para o setor produtivo paraense que a nossa secretaria estivesse presente para também aderir ao Sistema”, ponderou o Vice-Presidente da FIEPA.

 
Página 1 de 148
Follow us on Twitter

NewsLetter








Twitter

 

Acesso Rápido

Banner site 155x49px

 banner_site-redes

banner_apex_cin

 banner mercados estratégicos

  capa guiaindustrial

Meia página - 300x600px 


Ultimas Notícias

Mais Acessados