Home SISTEMA FIEPA Institucional

Uma história em prol do desenvolvimento do Pará

E-mail Imprimir
AddThis Social Bookmark Button

Com mais de meio século de história, a Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa) atua de forma decisiva em prol do desenvolvimento do setor produtivo paraense. Formado por três instituições – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Serviço Social da Indústria (SESI), Instituto Euvaldo Lodi (IEL), e ainda pelo Centro Internacional de Negócios (CIN) e pelo Programa de desenvolvimento de Fornecedores (PDF), a Fiepa busca atender de forma ampla às necessidades da indústria no estado, desde a instalação até o bem estar do trabalhador industrial.

Desde que foi fundada, em 19 de novembro de 1949, a Federação se estabeleceu como uma unidade de pensamento e ação para crescimento social e econômico do Pará. Já nessa época, a classe empresarial, representada pela Fiepa, lutava pela superação do modelo econômico extrativista imposto à Amazônia, que teve seu apogeu durante o ciclo monopolista da borracha e que anos mais tarde resultaria na estagnação da região.

Foi nesse cenário que o setor adquiriu força, mesmo num período em que prevaleciam os interesses extrativistas e agropecuários. A organização industrial acontecia antes mesmo da relativa integração do Pará ao restante do país, através de rodovias e de incentivos fiscais para a região.

A Fiepa passou a influenciar cada vez mais os destinos do Estado ao reivindicar infra-estrutura, defender grandes projetos e estimular a verticalização da produção. Essa é uma luta que transcende os interesses industriais e beneficia toda a população paraense.

Hoje, a Federação é a porta-voz dos interesses do setor industrial perante a sociedade e ao poder público, participando ativamente das principais ações que determinam os rumos da economia paraense. São filiados à Federação 40 sindicatos, que reúnem representantes dos variados segmentos produtivos e que tornam a entidade uma das principais instituições de classe da história do Pará.

Isso acontece graças a projetos sociais mantidos pelo SESI, pela formação de mão-de-obra qualificada, por meio de cursos promovidos pelo SENAI, e do intercâmbio entre indústria e universidade desenvolvido pelo IEL. Além da atuação do PDF na preparação de fornecedores locais e do CIN na área do comércio exterior. Todos esses esforços contribuem para o crescimento social e economicamente sustentável do Pará.

 
Follow us on Twitter

NewsLetter








Twitter

 

Acesso Rápido

Banner site 155x49px

 banner_site-redes

banner_apex_cin

 banner mercados estratégicos

  capa guiaindustrial

Meia página - 300x600px 


Ultimas Notícias

Mais Acessados